manifesto eleitoral

perguntam-me que vou fazer quando me reformar.
posso responder a isso.
tenho muitas coisas ainda por fazer que sempre fui adiando e talvez já não possa fazer porque nunca tomei notas e esqueci-me de muitas palavras que me ficaram atravessadas na garganta e nunca foram ditas e muito menos escritas e
a) posso voltar a estudar matemática básica com disciplina e afinco.
b) posso ler poesia com disciplina e afinco.
c) posso ler romances com disciplina e afinco.
d) posso escrever algumas frases de que me lembre.

e) e posso desenhar.

para isso preciso de tempo e
para tudo isso e para tomar banho concertei as mãos gastas a arranhar as paredes possíveis e a trepar paredes erguidas a pique contra mim muitas destas por mim erguidas.

Comentários

C-ASA disse…
é bom pensar nessa disponibilidade que o tempo há-de realizar. talvez seja o melhor manifesto, crescer de dentro para fora... a sabedoria é um caminho longo e apiaxonado (comovo-me no processo, mesmo que por vezes, tenha preguiça nos dedos, nos olhos, em mim.

não me perguntam o que vou fazer quando me reformar, mas eu pensoq ue seria feliz a fazer algo de muito semelhante.


Gostei deste encontro com o Lado Esquerdo ( e as suas metáforas associadas) desta evocação à cidade da Luz (qual Paris!... é Aveiro :) ), dos desenhos semeados de linhas e fformad delicadas e profundas. Obrigada!

Mensagens populares