A voz do poema que ouvimos



O POEMA QUE MARIA BARROSO 
MAIS GOSTAVA DE DIZER

Abafai meus gritos com mordaças,
maior será a minha ânsia de gritá-los!

Amarrai meus pulsos com grilhões,
maior será minha ânsia de quebrá-los!

Rasgai a minha carne!
Triturai os meus ossos!

O meu sangue será minha bandeira
e meus ossos o cimento duma outra humanidade.

Que aqui ninguém se entrega
-Isto é vencer ou morrer-
é na vida que se perde
Que há mais ânsia de viver!

Joaquim Namorado


(lembrou  Firmino Mendes)

Comentários

Mensagens populares