sob o piscar dos olhos

A ave caída está cega e não pisca os olhos;
olhando-a me parece que ela não dorme.
Será que por ser cega lhe cresce a fome?


Como posso eu não piscar os olhos enquanto me desvio
se fascinado sinto o bater da asa do seu desejo como arrepio?
A correr fujo de medo. Mais alto que o seu agoirento pio
solto dos velhos pulmões o último fôlego ... num assobio.

Comentários

Mensagens populares